mercoledì, ottobre 01, 2008

Hoje

Hoje o dia foi basicamente normal. Recebi vários torpedos e alguns e-mails ao longo do dia. A Fe ligou de manhã e minha vó ligou agora pouco. Ela (minha vó) me desejou mais 100 anos de vida, hohoho! Nunca me imaginei com 131, ohhh! Rs.
Eu preferia ter ficado no anonimato lá no trabalho, mas todo mês eles colocam uma 'bendita' lista de aniversariantes, e esse mês não atrasaram, como acontece normalmente. Bom, pode até parecer atitude anti-social, mas se até hoje tem gente ali que não sabe nem meu nome (e olha que vai fazer 3 anos que to lá), porque eu ia querer que lembrassem do meu aniversário? Cumprimentos educados e forçados? To dispensando. Apesar da lista, só fui descoberta à tarde, quando minha única amiga entrou na minha sala, e dizendo um sonoro "vim cumprimentar a aniversariante", me entregou um presentinho. Meus colegas de sala ficaram um pouco sem-graça e me cumprimentaram de longe, alegando não terem olhado a lista. Tudo bem, não precisa de desculpas nem explicações, eu não ligo! Depois disso, vieram mais dois, de outro departamento, um chato (me cobrando bolo e falando pra eu tirar o escorpião do bolso) e outro legal. Rs. E finalmente, quando eu passei em frente ao DP, as meninas me chamaram pra me cumprimentar, e me cobrar o bolo, também. Bolo? Que bolo? Rs.
Bolo tem aqui em casa, feito pela minha mamãe querida. :) Ainda não comi. Não tem velinhas nem festinha. Quando a gente chega nos trinta e um, isso já não importa mais. Dá pra parar o tempo aí mesmo, por favor? Rs.

Obrigada, Senhor, pelas Tuas misericórdias sem fim! :)

Nessun commento: